quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Um mergulho com Leões Marinhos


Passado um ano de minha ultima visita ao México retornei ao Mar de Cortéz, só que agora meu objetivo era filmar Leões Marinhos. Mergulhar com estes animais é uma das experiências mais fascinantes que alguém pode ter. Podemos brincar com as fêmeas e os filhotes, que geralmente são extremamente dóceis e brincalhões e observar os machos que estão sempre sérios e dispostos a proteger seu harém. Para encontrar estes tão simpáticos animais eu e o documentarista de natureza Lawrence Wahba viajamos até a península da Baja Califórnia para gravar mais uma matéria pra o Quadro Domingão Aventura.

Assista a matéria apresentada no Domingão do Faustão



Créditos
Direcao e Apresentacao
Lawrence Wahba

Producao
Cristian Dimitrius

Imagens
Lawrence Wahba
Cristian Dimitrius


Edicao
Cristian Dimitrius


INFORMAÇÕES


Leões marinhos
Os Leões Marinhos(Família Otariidae) pertencem a Superfamília dos pinípedes (Pinnipedia), que também engloba focas (Família Phocidae) e morsas (Família Odobenidae). Todos os representantes destas 3 famílias têm em comum o fato de abandonarem o mar apenas para a reprodução e mudança da pelagem. Estes mamíferos adotaram a vida aquática a cerca de 25 milhões de anos e a seleção natural produziu modificações notáveis para que eles pudessem se adaptar ao meio aquático. Os ossos dos membros tornaram-se reduzidos, de tal forma que apenas as patas sobressaíssem do corpo proporcionando melhor hidrodinâmica. Uma membrana liga os dedos, transformando a para em uma nadadeira. As narinas foram deslocadas para o alto da cabeça permitindo a respiração com a maior parte do corpo submersa enquanto músculos especiais as abrem quando o animal necessita respirar. A superfície frontal dos olhos é plana, o que possibilita uma visão focada embaixo dágua. Para conservar o calor do corpo, possuem sob a pele uma espessa camada de gordura.

Os leões marinhos de Los Islotes
Os leões marinhos encontrados na colônia de “Los Islotes” pertencem a espécie Zalophus californianus, ou Leões marinhos da Califórnia. A colônia é formada por cerca de 400 animais.
Eles apresentam características particulares associadas ao sexo e a idade:
Macho adulto

São considerados machos adultos a partir dos 9 anos de idade. Possuem um cor marrom escura, podem atingir 3 metros de comprimento e pesar 500kg. Estes machos possuem um pescoço largo e uma grande protuberância na cabeça, apenas presente nesta espécie. Vivem de 15 a 17 anos. Como eles têm um rugido grave, acabaram sendo chamados de "leão".


Cada macho delimita seu território e reúne um grupo de fêmeas. Frequentemente são desafiados por outros machos, que disputam a dentadas a supremacia sobre seu território e o direito de acasalar com as fêmeas que vivem nesta área.


Machos sub-adultos

Possuem entre 5 a 8 anos de idade. Possuem a mesma coloração dos machos adultos e medem de 1,5 a 2,5 metros, pesando cerca de 200 kg.


Fêmeas adultas


São consideradas adultas depois dos 5 anos de idade. Possuem uma cor marrom claro e medem de 1,5 a 2 m de comprimento. Pesam cerca de 100 kg. Esta é a categoria mais abundante e também possuem a maior longevidade, alcançando os 20 anos de idade. A gestação de uma leoa-marinha dura em torno de 12 meses.



Juvenis

São animais entre 1 e 4 anos. Nesta fase não é possível distinguir o macho da fêmea. Medem de 1 a 1,5 metros.


Filhotes

São animais com menos de um ano de idade. Quando nascem possuem cerca de 75 cm e pesam 7 kg. Pelo fato de nascerem em terra, só aprendem a nadar depois de 2 meses de vida.

Se alimentam de mais de cem espécies de peixes e algumas lulas. Eles costumam caçar em bando, cercando suas presas. Este comportamento é visto durante as noites ou ao por do sol, quando muitos peixes e lulas sobem para próximo da superfície estando mais vulneráveis e mais acessíveis.
Os leões marinhos, assim como baleias e outros mamíferos, apresentam um atitude de curiosidade manifestados através de brincadeiras e jornadas exploratórias. Os filhotes e os juvenis são os que mais apresentam estes comportamentos, relacionado sem duvida, ao aprendizado e reconhecimento do ambiente.A inteligência destes animais é evidente, expressam sentimentos, comunicam-se entre si e conseguem nos entender se forem domesticados.


Leões Marinhos ou focas?
Os leões marinhos diferem das focas pois eles apresentam pequenas orelhas, um focinho mais pontudo e podem caminhar usando suas quatro extremidades. A forma de nadar também é diferente. O leão marinho avança utilizando os membros anteriores como remos, enquanto a foca os utilizam apenas para manobrar, deixando a propulsão por conta das nadadeiras posteriores. Pode-se dizer que leões marinhos são mais terrestres que as focas. Uma prova disso é a relação entre a capacidade de mergulhar de cada um. Leões marinhos podem ficar sem respirar por uma máximo de 20 minutos enquanto focas podem mergulhar por uma hora.

Preservação
Os leões-marinhos já estiveram muito próximos da extinção. Entre 1917 e 1953, mais de meio milhão desses animais foi abatido por caçadores em busca de sua gordura e de seu couro, usado sobretudo na confecção de casacos. Com a proibição da caça, esses animais começaram a se recuperar. Mesmo assim, ainda sofrem com a poluição das águas e, principalmente, com a pesca realizada com redes.


La Paz, Baja Califórnia Sur.


La Paz é a capital do Estado mexicano de Baja California Sur. Sua população é de aproximadamente 163 mil habitantes. A cidade está localizada no noroeste do México, no sul da Península da Baixa Califórnia. Esta cidade, banhada pelas aguas do Mar de Cortes, ou Mar Bermejo, chamado assim por possuir aguas com cores que vao do azul mais transparente a um vermelho profoundo, recebeu no curso de sua historia conquistadores, piratas, missionarios e empresarios. O primeiro conquistador a chegar nestas terras foi Hernan Cortes, que a batiza como Villa de La Santa Cruz. Em 1596, o nome de La Paz é dado a estas terras pelo explorador Sebastian Vizcaino, que estabelece aí uma base para suas viagens de estudo e observacao. Foi Vizcaino o primeiro a preceber a importancia economica, das terras e mares californianos. Hoje La Paz é a cidade que possui o maior crescimento turistico da regiao e sua principal atracao nao poderia ser outra, suas belezas naturais, na terra e no mar.
A característica natural mais marcante é o encontro entre o deserto e o belo mar de cortes.

O Mar de Cortes

O Mar de Cortes, ou golfo da California, é um grande corpo de água, estreito e profundo, rodeado por montanhas e canions submarinos que produzem correntes ascendentes chamadas de ressurgencia, ricas em nutrientes que produzem explosões de planctons contribuindo assim com a magnifica diversidade de peixes tropicais e pelagicos, além de incontaveis especies de invertebrados. Esta ampla diversidade de especies formam um ecossistema tão unico, que Jacques Y. Cousteau o batizou de “O aquario do mundo”. A maioria das ilhas que estão neste mar são protegidas por leis mexicanas de preservação do meio ambiente.


Club Cantamar

O Club Cantamar é um centro de mergulho e resort que opera na regiao desde 1983. O lugar é especializado em atender pessoas que buscam aventura. Contam com uma boa infraestrutura nautica, uma operadora de mergulho propria e simples acomodacoes. Suas instalacoes estao a 9 km do centro de La Paz, em um lugar privilegiado, com uma bela paisagem ao seu redor e muita tranquilidade. visite: www.clubcantamar.com

2 comentários:

rafa.sache disse...

Presiso saber que desisãoes estão sendo tomadas para a preservação do leoes marinhos, e não to achando.Vcs poderiam ajudar?

Cristian Dimitrius disse...

Ola Rafa,
vc pode encontrar algumas informacoes nestes links (em ingles). Ha pouca info em portugues. Infelizmente.
http://www.sealion-world.com/sea-lion-conservation.html
http://www.swbg-animals.org/animal-info/info-books/california-sea-lion/conservation.htm
http://www.environment.gov.au/coasts/species/seals/index.html
abs
Cristian